Cachorro em casa? 7 dicas essenciais

cachorro

Tem um cachorro e não sabe o que fazer? Quando posso vacinar? Está sujo, posso dar-lhe banho?

Encontre as respostas neste guia prático com 7 dicas sobre vários temas importantes para o seu cachorro que garante que o seu animal tenha uma vida saudável e feliz com toda a família e que o vai ajudar a responder a perguntas simples que por vezes temos vergonha de as fazer.


#1 Desparasitação Interna

Desparasitar o seu animal, internamente e externamente é um sinal claro que se preocupa com o seu cachorro. Antes que o seu cachorro desenvolva um problema grave com parasitas internos, recomendamos que o seu cachorro seja desparasitado desde os 15 dias de vida de forma quinzenal até aos 3 meses e mensalmente até atingir os 6 meses de idade. Depois do meio ano de vida recomenda-se desparasitar de 3 em 3 meses durante o resto da sua vida. Dispomos de várias opções adequadas ao seu animal, seja em líquido, pastas, pipetas ou comprimidos que abrangem um variado espectro de germes de forma a garantir a saúde do seu cachorro.


#2 Desparasitação Externa

Externamente o animal pode ser desparasitado desde as 2 semanas. Os parasitas externos mais comuns são as pulgas, carraças e mosquitos. Existe um leque enorme de produtos que combatem com mais ou menos eficácia os parasitas. Apesar de já haver produtos com eficácia para 3 meses numa única toma, a grande maioria dos produtos disponíveis possuem uma duração mensal.  Dispomos também de uma variedade de produtos em comprimidos, pipetas ou sprays.


#3 Vacinação

Vacinar o seu animal é o melhor método de prevenção contra doenças infecciosas e a forma mais segura de diminuir a mortalidade e morbilidade dos nossos animais. Os cachorros podem ser vacinados desde as 6 semanas de idade. Esta primeira vacina é importante porque previne a Parvovirose, uma doença vírica, infelizmente muitas vezes letal. A vacina múltipla que cobre várias doenças pode ser administrada desde as 8 semanas de idade e a vacina da raiva deve ser administrada entre os 4 e os 6 meses de idade. Estas são as duas vacinas mais comuns e que se realizam anualmente. Recomendamos também a vacinação contra outras doenças que não estão cobertas pela vacina múltipla como por exemplo a Tosse do Canil ou a Leishmaniose. Consulte-nos para mais informações sobre as vacinas que deve dar ao seu animal.


#4 Microchip

O Microchip é obrigatório por lei para todos os cães nascidos após Junho de 2008. As vantagens do microchip são muitas, entre as quais destacamos, a rapidez com que se consegue descobrir a morada de um cão que tenha fugido de casa, por exemplo. É comum aplicar-se o microchip junto com a vacina da raiva e/ou último reforço da vacina múltipla. Dispomos normalmente de campanhas para aplicação de microchip quando feita em conjunto com a vacinação. O microchip é apenas mais uma “pica” não causando qualquer dor ou desconforto ao animal durante a sua vida. É um processo muito simples e de execução rápida.


#5 Alimentação

Imagine que tem um bebé em casa, qualquer alimento serve, ou procura dar-lhe a melhor alimentação possível para que tenha saúde e não tenha falta de nutrientes? Com o seu cachorro deve pensar exactamente da mesma forma. Dê-lhe o melhor alimento que possa, sem ter a ilusão que o mais caro é necessariamente sempre o melhor. Existe uma divisão natural entre produtos Super Premium, Premium e gamas baixas. Procure alimentos que não incluam subprodutos de origem animal. Procure produtos que incluam carne fresca. Procure produtos com altos índices de digestibilidade. Procure produtos em que o primeiro ingrediente seja carne em vez de cereais. Procure produtos que não usem corantes, conservantes ou aromatizantes. É extremamente importante que durante o primeiro ano de vida do seu cachorro, ele possa comer o melhor possível de forma a crescer saudável, com boa estrutura óssea e sem problemas como a falta de cálcio por exemplo. O cálcio é algo essencial nas raças de porte grande e uma boa alimentação durante o crescimento ajuda a prevenir muitos problemas para o resto da vida do seu animal. Se tiver dúvidas sobre a alimentação a dar ao seu animal não hesite em contactar-nos.


#6 Esterilização

A primeira pergunta que deve fazer é: “Quero que o meu cão ou cadela cruze?” Se a resposta é negativa, esterilize o seu animal porque as vantagens são mais que muitas. No caso das cadelas, a esterilização reduz a probabilidade de desenvolver tumores mamários e ajuda a eliminar a ameaça de cancro no útero, ovários ou infecções uterinas. Problemas muito comuns em fêmeas que não são esterilizadas no tempo devido. No caso dos cães, ao esterilizar estamos a prevenir tumores nos testículos e reduzir o risco de problemas de próstata. Risco mais reduzido de tumores e hérnias perianais, e tem a vantagem de reduzir impulsos agressivos do seu animal.


#7 Banhos

Não deve dar banho ao seu cachorro até o esquema vacinal estar concluído. Nessa fase as opções são shampoos secos, espumas ou toalhetes higiénicos. Após o esquema vacinal, que termina normalmente entre os 4-5 meses quando feito correctamente, pode marcar banhos nos nossos Centros Veterinários ou adquirir shampoos para cachorros bebés, que são mais adequados à pele do seu animal.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *